Câmara de Vereadores de Nova Prata

This is an example of a HTML caption with a link.

Ata

ATA DIA 07.12.2015 - Aprovado

ATA DA 38ª. SESSÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES, REALIZADA NO DIA 07 DE DEZEMBRO DE 2015. Aos sete dias do mês de dezembro, do ano de dois mil e quinze, às 19 horas, no Plenário Valdir Fochesatto da Câmara de Vereadores, situado na avenida Cônego Peres 140 em Nova Prata, reuniram-se em sessão ordinária, os Vereadores: Ismael Frison, Altir José Ferro, Hermes José Stormovski, Luciano Toscan, Fernando David, Sergio Zenbruski, Sebastião Costa Mamede, Adelar Lorencet, Clodoaldo D. De Moraes, Antônio de Oliveira e Gilmar Peruzzo. Sob a Presidência do Vereador Ismael Frison, foi aberta a sessão. De imediato, passou-se aos trabalhos da ordem do dia, assim deliberados: 1 – Aprovação da ata da sessão anterior. (30.11.2015). Ata aprovada por todos os Vereadores. 2 – Projeto de lei nº 231/2015 institui programa de incentivo ao desenvolvimento da propriedade rural. (com emendas). Projeto aprovado por unanimidade de votos com emendas. 3 – Projeto de lei nº 232/2015 institui programa de incentivo para empreendimentos turísticos no meio rural. Projeto aprovado por unanimidade de votos. 4 – Projeto de lei nº 234/2015 altera em parte a lei municipal 9079/2014 de 05 de novembro de 2014. Projeto aprovado por todos os Vereadores. 5 – Projeto de lei nº 262/2015 autoriza doação de terreno no Loteamento Berçário Industrial I ( ASS SERVIÇOS EM REDES DE TELECOMUNICAÇÕES LTDA – EPP). Projeto aprovado por unanimidade de votos. 6 – Projeto de lei nº 275/2015 autoriza a abertura de crédito suplementar no orçamento vigente por redução orçamentária. (Adequação orçamentária para aquisição de medicamentos para serem distribuídos a população. R$ 190.000,00) Projeto aprovado por unanimidade de votos. 7 – Projeto de lei nº 276/2015 autoriza o Poder Executivo Municipal a renovar termo de cooperação de governança Regional com a Associação de Turismo da Serra Nordeste - ATUASERRA; autoriza o Poder Executivo Municipal a repassar verba mensal a ATUASERRA; dá outras providências. (Roteiro Thermas e Longevidade – custo – 14.400,00 em 12 parcelas mensais de R$ 1.200,00 – período compreendido entre janeiro a dezembro de 2016). Projeto aprovado por todos os Vereadores. 8 - – Projeto de lei nº 278/2015 autoriza a abertura de crédito suplementar no orçamento vigente por redução orçamentária. (Secretaria de Obras e Saneamento – realização de obras infra-estrutura – R$ 28.000,00). Projeto aprovado por unanimidade de votos. 9 – Projeto de lei nº 280/2015 altera em parte a lei municipal 9206/2015 de 17 de março de 2015. (Altera a escolaridade exigida para provimento do cargo de MONITOR PARA ALUNOS ESPECIAIS). Projeto aprovado por unanimidade de votos. 10 - Ofício nº 3.000.52/2015 apresenta veto a emenda projeto de lei nº 194/2015, dispõe sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício financeiro de 2016. Veto mantido por cinco votos favoráveis, três votos contrários e dois votos em branco. PROJETOS NOVOS DO PODER EXECUTIVO: 1 – Projeto de lei nº 283/2015 estima a receita e fixa a despesa do município de Nova Prata para o exercício financeiro de 2016. ( A receita orçamentária é estimada, no mesmo valor da despesa em R$ 94.022.350,00 (noventa e quatro milhões, vinte e dois mil trezentos e cinquenta reais). Projeto encaminhado para estudo e análise das Comissões de Justiça, Finanças e Assuntos Gerais. 2 – Projeto de lei nº 284/2015 autoriza a abertura de crédito suplementar no orçamento vigente por redução orçamentária. ( Secretaria de Educação e Cultura – pagamento do Passe Livre a estudantes de nosso município com valores repassados pelo Estado. R$ 2.000,00. Projeto encaminhado para análise das Comissões de Justiça, Finanças e Assuntos Gerais. 3 - Projeto de lei nº 285/2015 autoriza a abertura de crédito suplementar no orçamento vigente por redução orçamentária – (Adequação orçamentária para pagamento do 13º salário aos servidores do município. R$ 1.888.000,00). Projeto aprovado por unanimidade de votos. EXPEDIENTE DO PODER LEGISLATIVO: PROPOSIÇÕES DO VEREADOR CLODOALDO D. DE MORAES: 1 – Dispõe sobre parada de ônibus no Bairro São João Bosco. 2 – Dispõe sobre parada de ônibus na rua Luiz Clivatti. 3 – Dispõe sobre iluminação no campo de futebol do bairro São João Bosco. Todas as proposições do Vereador Clodoaldo D. De Moraes, obtiveram aprovação unânime. Na mesma sessão foi aprovado por todos os Vereadores, meia diária para o Vereador Clodoaldo D. De Moraes para participar de Seminário em Palmas Tocantins. Registramos nesta ata, que o requerimento apresentado pelo Vereador Clodoaldo D. De Moraes, que visava incluir na ordem do dia da sessão de 07 de dezembro de 2015, o projeto de lei nº 222/2015, não foi lido por não atender o Regimento Interno da Câmara. EXPLICAÇÕES PESSOAIS DIA 07.12.2015 VER. ANTONIO DE OLIVEIRA: Senhor presidente, colegas, funcionários da casa, plateia que nos assiste, valorosos funcionários da oficina, motoristas valentes que lá eu me sinto bem quando vou, porque lá aprendi muita coisa. Vim a esta tribuna agradecer em nome do Pastor Paulo que nesse final de semana teve o primeiro evento lá no Loteamento Clivatti na nova instalação da Assembleia de Deus, então vim nesta tribuna agradecer as mais das 400 pessoas que estiveram lá, foi uma bonita festa em prol daquela construção. Também estive em São Cristóvão em outro evento evangelístico, lá no Galpão do Beto, onde o assunto me interessou muito mas eu tinha compromisso com a Assembleia, mas lá estive presente, um evento de porte muito grande, tinham lá mais de 150 pessoas. Então me refiro, participei de 3 eventos evangélicos nesse final de semana, pois eu sou o único vereador, a não ser o Gilmar que estava na Assembleia, nesses movimentos, aqui nesta casa eu defendo o povo evangélico, luto por eles, reivindico por eles, e aqui faço também os meus agradecimentos. Quero que fique registrado na casa esta minha fala no sentido que este povo que eu lembro não só quando preciso, mas quando eles fazem suas promoções estou presente. Me sinto as vezes com a cruz pesada porque é uma massa grande que tem em Nova Prata e vejo muita pouca participação do povo politico em si, mas no momento oportuno, que é ano que vem, muitos aparecem e é um povo que só contribui para a cidade, só tem ajudado. Também quero dizer Paraíba, que algumas coisas do meu bairro São João, Citadella também, fico triste e contente porque a situação não deixou terminar o projeto que eu tanto gostaria que tivessem terminado, mas tenho me reunido com grupos diferentes lá do meu bairro e pedido para que colaborassem para que resolvêssemos algumas questões que são nossas e que nós devemos arregaçar as mangas e se somar, algumas coisas temos que resolver nós e não só esperar sentados, que fique essa minha fala não por vencido, mas em parte solucionado. Como forma de agradecimento quero dizer ao povo pratense, aos valorosos funcionários públicos que me identifico muito com a secretaria de obras, sem ela as outras secretarias não andam, meninos sem vocês nenhuma secretaria anda. Eu digo, não batam no funcionário que ganham um salário minguado, mas batam nos que ganham bastante e pouco retribuem ao funcionário, nesses que tem que bater, nos capatazes que são incompetentes. Então, vocês funcionários são muito valentes, estamos encerrando o ano e temos que dizer que vocês estão de parabéns, estão encerrando mais uma no de sucesso, a cidade esta bem, não podemos nos queixar, nosso governo municipal está fazendo a altura e digo mais, está fazendo até demais. Então, temos que nos somar, nessas horas difíceis que estão passando nosso país e estado, em Nova Prata temos que agradecer a Deus que estamos bem. Eu tive oportunidades aqui em Nova Prata, só tenho a agradecer o povo pratense que abriram as portas para eu ser o que sou hoje. Quero desejar a toda população que pensem no ano que nós vamos começar a trilhar, algumas coisinhas nós temos que pensar e avaliar muito porque depois não adianta choramingar, depois que passou uma certa data acabou e é o que estou dizendo Paraíba, naquela parte menos olhada. Então, minha fala era essa, mais uma forma de agradecimento e já indo para o final desse mês, temos mais 3 sessões, eu estou com um abacaxi que vocês nem imaginam, eu gostaria de repartir esse abacaxi com os senhores, mas decisões que competem a esses vereadores nós vamos tomar. Então, levem meu abraço companheiro a todo aquele pessoal da oficina e digam que eu vou continuar lutando por vocês, defendendo vocês, visitando vocês, reivindicando as coisas para vocês e sou parceiro para ir no Gabinete do Senhor Prefeito para reivindicar algo que venha favorecer os senhores e os demais colegas. VER. SEBASTIÃO COSTA MAMEDE: Saudações renovadas a todos. Pois é Vereador Juraci, eu te digo e não peço segredo, esses 14 anos e 11 meses que eu resido ali entre o Bairro São João, S. J. Bosco e Citadella, eu me honro, não pela minha classe, mas por aquele povo todo que me acolheu e acolhe todos que vem com muita dedicação. Sabemos que em diversos bairros nobres como o centro existe, mas o que você me traz aqui são alguns problemas que a administração não pode resolver, eu vou te dar 3 problemas que eu ainda sou questionado e não cabe só a mim, cumprimentar nosso amigo márcio e vizinho do Bairro Citadella, quero agradecer a presença dos demais funcionários da garagem e de obras. Um deles é a Rua Bom Jesus, outro é a Drusiana Dall Agnoll, acreditam que ainda sábado fui questionado, ninguém entende, mas ano passado através do Ronaldo Santini do PTB, foi promessa de campanha foi, mas foi cumprida, tive certeza de algum ponto na ultima quarta-feira, tudo certo, mas infelizmente através de um assessor de gabinete fiquei sabendo, talvez tenha vindo esse dinheiro do Banco BNDES e tenha entrado nos cofres públicos e se foi, ou talvez não veio, mas infelizmente os 940 mil até agora não chegou nas mãos do prefeito, ia ser executada a pavimentação de 15 ruas, duas estão ali do meu lado. Também a Rua Araucária onde moram diversas pessoas amigas minhas próximas, talvez até eleitores que votaram em mim, não sei, mas também ainda em 2013 fomos atrás, porque me questionam só agora. Agora, quando foram calçadas diversas ruas ali do lado, no Loteamento São João, saindo do Girassol a esquerda, a Araucária é a ultima rua, ainda está lá de chão batido, cerca de 14 anos, ou menos ou mais e porca gente questiona. Eu me sinto honrado de representar não só aqueles bairros, mas sim todo o município, porque a rádio não leu a matéria que estava tanto no Correio Livre como no Jornal Popular, porque não deram ibope, o Vereador Paraíba juntamente com o Gustavo Prates que ainda é presidente da OAB, a Dona Veridiana Ciotta, vice-presidente Dona Eunice Vivan Guedes e um professor em audiência com o secretário da Cultura atrás de um projeto que já está nos 49 do segundo tempo, pouca gente deu valor, pouca gente comentou isso. Isso faz 15 dias quarta-feira, agora, dão ibope quando o vereador diz que vai tirar meia diária para o Vereador ir a Porto Alegre, aí falam na rádio, colocam no site, Vereadores que viajaram na semana, eu não sei de onde sai isso, mas quero agradecer a vocês, principalmente os dois senhores aqui o Seu Jair e o Seu Jaques que eu sei que eles já viram muitos e muitos legislativos aqui nesta casa, eu desafio se já teve um mais de ir atrás das coisas para o município, e graças a Deus consegui alguma coisa. Agora, na hora de questionar e falar das diárias, todo mundo, chove, mas na hora que chega ninguém comenta, mas é assim mesmo. Eu entrevistados emana passada, meu colega Juraci que vai viajar essa madrugada junto comigo foi questionado pela mídia, por tudo, ninguém colocou nós dois, por quê? Eu não vou tirar diária porque o evento lá em Palmas é dia 8 e dia 9, como eu fui convidado por um presidente de câmara lá de Tocantins, eu vou visitar a cidade dele, pela minha pessoa não achei certo tirar diária, vou com recursos próprios, tanto as passagens como os dias que eu vou tirar lá, mas se eu fosse exclusivamente a um evento destinado a CNM eu ia tirar duas ou 10 ou 100 diárias, eu ia tirar, é meu trabalho. Só que como eu vou ficar mais 2 dias lá fora o evento eu achei justo não tirar nada e ir por conta própria e convidei o colega Clodoaldo que vai me acompanhar na agenda. Alguém comentou isso? Foi colocado em algum site o real? Por isso que as vezes Chimia, a vara que dá em Chico não é a mesma que dá em Francisco , nessas partes não, mas por que gente? É tão fácil. Na matemática 1 + 1=2, 2+2=4, não existe 2+2=6, só que infelizmente algumas pessoas fazem essas contas e dá nisso. Quero dizer mais, semana passada tive uma ideia muito boa, logo vocês pratenses vão ver e quem sabe na próxima sessão eu conto a vocês, eu sou apenas um vereador e vou me orgulhar, não só da rodoviária, que isso vai ficar pro resto da vida, não só pelo meu mandato, mas sim quando meus netinhos disserem foi o Vô Iba que fez isso, em vez de tantas coisas que falam, eu gostaria só de pedir a plateia que pensem assim. Será que é tão fácil questionar e criticar, por que não fácil dar um elogio? Mas é assim mesmo. Com essas palavras desejo a vocês boa noite, ótima semana, quero desejar uma ótima viajem ao meu amigo Juraci e também a mim, mais uma vez obrigado ao Gilmar Peruzzo pela liberação do projeto 231. Muito obrigado. VER. HERMES J. STORMOVSKI: Caro presidente, demais colegas, plateia que ainda nos assiste. Eu acredito que esse orçamento de Nova Prata vai ser mais uma vez superestimado, eu disse ano passado quando aquele orçamento veio para casa que não alcançaria os 92 milhões pois representava um acréscimo de 18% da receita do ano anterior, se concretiza agora em 82 milhões, tomara que ano que vem chegue a 84, eu não acredito que o orçamento do próximo ano chegue a 84, mas o executivo está estimando em 94 milhões. Não sei quais os motivos, mas é ano político para gastar bastante e depois de passada a eleição vão apertar os cintos, acredito que esse seja o verdadeiro significado do orçamento 2016. As duas emendas que a gente fez em companhia do Sergio e do Gilmar não é nenhum absurdo, é simplesmente acrescer um serviço de máquinas e se tiver brita a prefeitura que possa doar aos agricultores, o dinheiro da agricultura é muito suado, muito difícil de ser ganhado, seria interessante. Agradeço a vocês por terem aprovado, não foi só o Gilmar Peruzzo que fez essa emenda, fomos eu e o Sergio que fizemos junto, então agradeço a vocês por terem votado, é muito interessante essa emenda que da um poder maior ao executivo para fazer os trabalhos da administração. Quanto as proposições do Clodoaldo, eu sou totalmente favorável, gostaria muito que tu fosse atendido, eu fiz na época que ocorreu aquele assassinato lá no campo do São João Bosco, eu pedi que a prefeitura instalasse uns refletores para que na ficasse tão escuro, não fui atendido, tomara que você tenha êxito, fico muito feliz se você conseguir. As paradas de ônibus eu continuo insistindo, essas que estão aí não protegem e as novas não dá para dizer por que não foi nenhuma instalada, fiz uma proposição para colocar uma ali próxima ao Zeca que sempre tem gente para pegar ônibus ali, lá próximo a Casa das Ferramentas também sempre tem gente, então eu gostaria que o executivo olhasse com bons olhos e instalasse essas paradas bem como aquelas que eu solicitei para minha comunidade Fazenda da Pratinha, que inclusive tinha uma de lata, tiraram e não colocaram nada, infelizmente se tivessem colocado outra, mas não, e lá diariamente tem gente que espera por ônibus naquela localidade. Eu sou totalmente favorável a esses asfaltos que estão sendo feitos na cidade, mas acho que o executivo tem que ter um pouquinho mais de atenção quanto as bocas de lobo, lá na Buarque de Macedo foi terminado o asfalto na quinta-feira, na sexta-feira estava sendo retirado um pedacinho de asfalto para ser instalada uma boca de lobo, acho que tem que se organizar um pouco mais, terminar na quinta para na sexta já estar quebrando o asfalto para instalar uma boca de lobo, tem que ser um pouco melhor projetado, sem tanta correria. Com certeza é muito bom, e essa mesma proposição eu tinha tentado que o executivo fizesse do trevo do São Cristóvão até o João Brena, mas não fui atendido nesse asfaltamento, alegaram que ali era muito ondulado e não dava para fazer asfalto. Quero deixar registrado hoje minhas condolências pela passagem do João Moreto, ele é pai do ex-candidato a prefeito Agenor Moreto, faleceu hoje com 94 anos, além disso, ele é pai de um cunhado meu, Dorvalino Moreto com certeza viveu a parte dele que tinha que viver, 94 anos é um bom numero para ser vivido e chegou ao fim de um ciclo, então quero deixar registrado minhas condolências a seus familiares que mesmo sendo de Nova Bassano eles sempre estiveram muito presentes aqui em Nova Prata. Era isso, boa noite a todos e até a próxima. VER. SERGIO ZENBRUSKI: Senhor presidente, colegas vereadores. Só quero deixar registrado sobre o cemitério, na quarta-feira será liberado o projeto para ir a votação na próxima segunda, mas no pedido de informações que eu recebi está bem colocado que não tem licença da FEPAM para as duas construções do cemitério. Eu estou torcendo que comece logo essa obra, calculo que vão passar 3 ou 4 meses e a obra não vai começar, tomara que na semana que vem já comece a obra, mas não acredito muito. Sobre as paradas de ônibus no interior, nos bairros, passou uns 25 pedidos pela câmara nesses quase 3 anos e a gente ainda não viu nenhuma construção, tomara que o executivo resolva fazer essas paradas porque o pessoal está pedindo. Esse projeto que fizemos a emenda, eu o Hermes e o Gilmar, achamos pelo melhor não só o transporte de brita, mas a brita em si, na quarta-feira foi discutido nas comissões sobre essa emenda, e ela foi bem feita, não prejudica ninguém, só ajudam mais o pessoal do interior. Hoje a gente vê no interior que a reclamação é grande, não existe máquina, não existe brita, você fala com 20 pessoas, 19 reclamam, nos bairros, por tudo. Aqui nesta casa foi aprovada a taxa de iluminação pública, eu votei contrário, cheguei na Comunidade do Gramado ontem e o pessoal veio me cobrar de novo, 9 lâmpadas queimadas há 4 meses e até hoje não foi solucionado o problema. Falei do nosso amigo Nadir Miotto outro dia, adoeceu, faleceu e não conseguiu ver lâmpada acesa na frente da casa dele. Compraram o caminhão muck, tem 4 eletricistas, como é que não anda esse trabalho? Sobre remédios do posto de saúde, tomara que seja solucionado o problema porque existe gente que está reclamando que não está conseguindo, aprovamos hoje um valor bom, acho que o secretário de saúde vai tomar providências e vai liberar os remédios. Sobre o carnaval 2015, o secretário de turismo veio aqui e disse que o carnaval de 2015 foi o mais barato da historia de Nova Prata, que foi gasto 4.900,00 reais diz a prestação de contas dele, e os 129 mil foram colocados onde? Que foi gasto também. Depois Vereador Clodoaldo, o Zenbruski é culpado dos projetos que são baixados. A crise vem lá de cima do governo federal, até o amigo do governo do Lula e da Dilma está na cadeia. E aí? Falta dinheiro para o município? Falta, não tem mais recurso federal que os ladroes colocaram no bolso, desviaram dinheiro, o povo foi enganado pelo PT. Era isso para hoje. VER. CLODOALDO DIAS DE MORAES: Senhor presidente, minha saudação renovada a todos. Não sei por que o Sérgio que nasceu aqui em Nova Prata fala de governo federal, acho que tem que botar o EJA lá no Gramadinho, o EJA tem que voltar, as pessoas tem que entender quando se fala de Nova Prata e quando se fala de governo federal. Foram 4 anos falando do Tarso, que o Tarso não fazia nada porque era do PT, que as estradas estavam ruins. As estradas continuam ruins e ninguém fala nada aqui. A outra administração não fez nada, falam que o Giombelli não faz nada, para mim ele é um baita cara, ele faz com os recursos que se tem. A outra administração fazia? Sim, mal feito, muito mal feito, tem ruas das casinhas populares que não dá para colocar o calçamento porque tranca os esgotos. Quem que fez essas ruas? A Rua Humberto Simonatto, o Paraíba colocou uma proposição para fazer o asfalto que liga à Buarque de Macedo, seria excelente, mas a outra administração fez uma rua de 7 metros, como é que se vai ligar uma rua de 7 metros? Aí pega uma lateral tem dentro do bairro tem 10 metros de largura, que planejamento, não tem de melhor. A Rua Independência é uma baita rua, seria ideal para ligar com o asfalto da Buarque de Macedo. O salão da esperança a gente tem que dar um jeito de melhorar aquilo, está caindo, o campo tem que ser melhorado, pedi a iluminação pública para ser melhorado. Acho que a administração vai olhar com carinho isso e a gente vai conseguir fazer. Meus 30 dias aqui foram válidos, um pouco de nervosismo, a gente ve coisas que são um absurdo, que só na outra administração era mil maravilhas, mas não era nada disso, hoje a gente ouve cada coisa naquela garagem que acontecia, que se eu fosse gravar o pessoal falando, nossa senhora. Então, tem 2 alunos que são complicados, esses alunos não teria melhor jeito se não fosse ter outro lugarzinho fechado para eles, tem muita coisa errada. Quero desejar um fim de ano para vocês bom, com a família, de muita paz, que ano que vem vocês voltem com bastante força e garra para tocar essa cidade para frente. VER. ALTIR FERRO: Boa noite presidente, colegas, funcionários, plateia que ainda nos assiste. Eu queria fazer um esclarecimento aqui a respeito do comentário do meu amigo e colega Clodoaldo feito na segunda-feira passada a respeito da disponibilidade de terrenos no distrito industrial, eu dei algumas voltas por lá e tem um quarteirão formado pela Imperatriz, pela Demétrio Lenzi, pela Albino Francisco Zardo e pela Travessa do Oleiro, essa é uma área de terra considerável, grande, que foi adquirida em leilão pela empresa Borrachas Vipal e está ali como uma reserva para futuro investimento, alias, esse investimento já poderia ter sido feito se o governo do estado na época tivesse colaborado, mas infelizmente o nosso governo do estado vem há muito tempo com o caixa muito fraco. Então, Clodoaldo, realmente a área foi adquirida em um leilão, a empresa que colocou a venda já tinha usado o tempo suficiente para atender a legislação de quando recebeu, a Vipal entrou no leilão e comprou aquela área de terras, está lá como reserva e eu acredito que ainda será bem aproveitada, somente para esclarecer. Outra coisa que eu quero comentar aqui e pedir o apoio de todos, a questão do imposto de renda, nós estamos chegando e nós pessoas físicas podemos doar 6% do imposto que temos a pagar para alguma instituição que tem em Nova Prata, pode ser ABEN, ASCODEF, APAE, Associação São Cristóvão, enfim, nós temos 5 entidades aí, eu deixei um modelo de correspondência para cada um dos colegas, seria importante, se esse dinheiro vai a Brasília nem todo é aproveitado, uma boa parte vai para o bolso de alguns lá, então eu gostaria que os colegas colaborassem porque isso é muito importante para a manutenção dessas entidades. A questão da saúde, foi comentado que o governo do estado não está fazendo a sua parte, mas o governo não está fazendo isso por sua vontade, qual é o governo que não quer ajudar a saúde? Todo mundo quer, é a menina dos olhos de qualquer político, o que acontece é que a culpa é de governos anteriores, diversos, que estavam sabendo que o Estado ia chegar nessa situação que chegou, infelizmente sobrou para o Sartori e ele já tomou algumas medidas muito importantes para que a situação se resolva, mas eu acredito que ainda vai demandar mais de 10 anos, o governo está trabalhando apenas para pagar o salário praticamente e não está conseguindo. Então, não adianta culparmos o Sartori que ele é o menos culpado de todos esses governos que passaram. Eu queria deixar meus profundos sentimentos à família Moreto, o Alcides foi meu colega e realmente foi uma perda grande. Boa noite e boa semana a todos. Obrigado. VER. SERGIO ZENBRUSKI: Senhor Presidente, eu queria colocar ao Clodoaldo que a Rua Humberto Simonatto foram feitos 7 metros porque a esquerda subindo é um loteamento particular dos Trucolos e o município não pode fazer calçamento em loteamento particular. Também quero lembrar Clodoaldo que na minha gestão foram feitas 32 ruas de calçamento e nesse eu não vi, um pedacinho ou outro. Também o senhor disse umas palavras pesadas, deveria ter concluído o que era para ser dito, talvez possa responder por algumas palavras que o senhor disse aqui, é gravado na tribuna, quando a pessoa começa a falar, termina, e diga tudo que é para dizer na próxima, certo vereador? Nada mais havendo a tratar, o Presidente agradeceu a presença de todos e em nome de Deus, declarou encerrada a presente sessão. Lavrou-se esta ata, que após aprovada, será assinada pelos Vereadores. Ver. Ismael Frison – PMDB Ver. Altir J. Ferro – PMDB Presidente Vice-Presidente Ver. Hermes J. Stormovski – DEM Ver. Luciano Toscan – PTB 1º Secretário 2º Secretário Ver. Fernando David – PDT Ver. Sergio Zenbruski – PSD Ver. Sebastião C. Mamede – PSB Ver. Adelar Lorencet – PTB Ver. Clodoaldo D. De Moraes – PT Ver. Gilmar Peruzzo – PMDB Ver. Antônio de Oliveira - PR .

Câmara de Vereadores de Nova Prata

54.3242.1633 . Av. Cônego Peres, 140, Centro . Nova Prata . RS

© Todos os direitos reservados - www.camaranovaprata.rs.gov.br
VoopeLayout Plena Publicidade